fundo parallax

Deus sonhou no início da criação com a harmonia entre o homem e a natureza

Deve-se ter medo, no entanto, quando o medo acaba!
27 de novembro de 2017
E49T02 – O diabo existe?
4 de dezembro de 2017
 


Deus sonhou no início da criação com a harmonia entre o homem e a natureza

Deus criou todas as coisas e viu que era bom, ao criar o homem e a mulher à sua imagem e semelhança, viu que era muito bom. Deus fez tudo e fez para nós, porque nos ama. Todas as coisas criadas obedecem ao seu Criador com exceção do homem que é teimoso, orgulhoso e arrogante. Mas Deus submeteu toda a criação ao homem e dessa forma temos controle sobre toda a natureza, sobre tudo aquilo que por Deus foi criado. Claro que devemos respeitar os limites da natureza e não explorá-la, mas podemos usar as matérias primas extraídas da natureza e transformá-las em produtos para a nossa própria satisfação e felicidade. O que acontece é que muitos vêem o meio ambiente apenas como um recurso e esquecem que ele é a nossa casa, portanto arraigados no consumismo, poluem o planeta, desmatam as florestas, exploram os minérios e maltratam os animais criando assim um desequilíbrio entre o homem e o planeta, afinal também fazemos parte da criação.

Quando aprendemos a conviver respeitosamente com as criaturas todas consumindo apenas o necessário para a nossa subsistência, somos capazes de harmonicamente exercer o papel de filhos de Deus e irmãos de toda criatura como Francisco de Assis. Francisco amava todas as criaturas e estas correspondiam ao seu amor. Os animais dificilmente atacam o homem, mas se defendem. E mesmo os animais selvagens e ferozes podem ser dominados como no episódio de São Francisco e o lobo em Gúbio, porque Deus deu a nós o direito sobre as criaturas todas.

Quando nosso seráfico pai esteve doente dos olhos, permitindo que o tratassem, chamaram um médico que veio com um ferro de cauterizar e mandou colocá-lo no fogo até ficar em brasa. Hoje em dia a medicina avançou muito, mas na época de São Francisco muitas vezes se usava cauterizar uma ferida dessa forma e podemos imaginar tamanha dor colocar um ferro em brasa na nossa carne, principalmente na região dos olhos que era o caso do “poverello”. Mas se Deus fez o fogo, ele é uma criatura de Deus e tendo Deus submetido à nós todas as criaturas, logo, pela fé, podemos acreditar que Deus nos deu o poder de subjugar o fogo e ele como criatura obediente a Deus iria também nos obedecer. Desta forma São Francisco orou a Deus e disse ao irmão fogo:

“Meu irmão fogo, o Altíssimo te fez forte, bonito e útil, para emulares a beleza das outras coisas. Sê amigo meu nesta hora, sê delicado, porque eu sempre te amei no Senhor. Rogo ao grande Senhor que te criou, para que abrande um pouco o teu calor, para que queime com suavidade e eu possa aguentar”. Depois da oração, fez o sinal da cruz e ficou esperando. O médico segurou o ferro em brasa, colocou nos olhos de Francisco, cauterizou as feridas e o Santo de Deus não sentiu dor alguma. O médico por ser experiente e acostumado a fazer esse tipo de coisa centenas de vezes, ficou admirado e logo exaltou ao mundo que tratava-se de um milagre, pois naturalmente seus outros pacientes sempre gritavam de dor.

Oxalá nós, fôssemos obedientes a Deus tanto quanto o foi Francisco de Assis para que assim todas as criaturas, inclusive o fogo, por obediência a Deus se submetessem a nós, pois foi essa harmonia entre homem e natureza que Deus sonhou desde o início da criação.

Que assim seja. Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *