fundo parallax

Qual o verdadeiro sentido de nossa vida se não formos pescadores de almas para Cristo?

E10T03 – Quem instituiu o matrimônio, Deus ou os homens?
5 de março de 2018
#PE10 – Templários: uma breve introdução
5 de março de 2018
 


Qual o verdadeiro sentido de nossa vida se não formos pescadores de almas para Cristo?

Francisco de Assis gerou e continua gerando até hoje filhos para o céu. Enquanto viveu neste mundo, nosso seráfico pai foi em tudo prestativo, procurando sempre uma forma de auxiliar seus frades para que encontrassem o caminho do céu.

Tomás de Celano pergunta: “Quem é que já teve a solicitude de São Francisco pelos súditos?”. Sim, se Deus é rei, e Ele o é, somos seus súditos. E os súditos devem em tudo obedecer ao Rei. E obedecer não apenas por obrigação, mas obedecer com alegria no coração, por amor. Francisco que se autodeclarava arauto do grande Rei, ou seja, o oficial do rei encarregado de proclamações solenes, do anúncio de guerra ou paz e de informar os principais sucessos nas batalhas, aquele que, por meio de pregão, tornava pública uma notícia. No caso de Francisco, a boa nova, o evangelho, que ele tratava também de germinar no coração dos súditos para que eles vivenciassem o evangelho e experienciassem o evangelho em suas vidas. Como diz em nossa regra de vida: “Ir do evangelho à vida e da vida ao evangelho”.

São Francisco esquecia-se de si mesmo para viver em função da salvação das almas. Lançava-se aos pés da majestade de Deus, oferecia um sacrifício espiritual pelos seus filhos e acreditava que não iria para o céu se não conseguisse que o rebanho que arrastou consigo se salvasse primeiro.

E assim vemos o quanto somos pequenos, o quanto somos egoístas, pensando apenas em nós mesmos, no nosso conforto, na nossa casa, pensando em o que comer, o que vestir, em nosso status social e quando nos preocupamos não apenas com as coisas deste mundo, mas também com o mais importante que é a salvação da alma, pensamos só na nossa alma. Se nós nos salvarmos, já está bem. Se formos para o céu, já está bom. Deus que cuide das outras pessoas, pois não é responsabilidade minha. Infelizmente é assim que muitas vezes agimos. Você tem um amigo e o quer bem? Então o que está fazendo pela salvação da alma dele? Você tem um namorado, lindo maravilhoso, vocês saem juntos e se divertem? Mas o que você está fazendo pela salvação da alma dele? Você ama seus filhos, cuida, educa, dá amor e carinho, enche de presentes, mas o que você está fazendo pela salvação da alma deles? E poderíamos ir longe, pois o mesmo vale para a sua esposa, seu esposo, seus pais e irmãos, e quanto a nós professores, também para os nossos alunos. Pois qual o verdadeiro sentido de nossa vida se não formos pescadores de almas para Cristo?

Que assim seja.

Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *