fundo parallax

Caminhe sempre e somente no bem e dê, cada dia, um passo à frente na linha vertical, de baixo para cima

E11T03 – Calvino: muito mais danoso para a fé do que Lutero
12 de março de 2018
A carne logo vai morrer e ela é inimiga da alma
12 de março de 2018
 


Caminhe sempre e somente no bem e dê, cada dia, um passo à frente na linha vertical, de baixo para cima

Nós temos, uma visão linear das coisas e principalmente uma visão linear do tempo. Passado, presente e futuro. Vemos o passado como uma coisa que ficou pra trás e o futuro como algo que ainda virá e colocamos tudo em uma linha reta, plana, horizontal. Se cada dia damos um passo para frente ou seja em direção ao futuro, o passado vai ficando cada vez mais para trás. Essa nossa visão de tempo é chamada de “Chronos”, pois é cronológica. Nós é que inventamos este tempo. Contamos os dias, os meses, os anos, as horas, os minutos e os segundos. Os gregos antigos tinham duas palavras para definir o tempo: chronos e kairós. Chronos refere-se ao tempo cronológico, ou sequencial, que pode ser medido, associado ao movimento linear das coisas terrenas, com um princípio e um fim. Kairós refere-se a um momento indeterminado no tempo, em que algo especial acontece, o tempo oportuno, ou seja, o tempo de Deus. O tempo litúrgico, não é linear, mas circular e as festas e solenidades não se repetem, mas se atualizam todos os anos.

Para nós dar um passo a frente é sempre numa linha horizontal. Mas padre Pio nos pede que caminhemos sempre no bem, eu diria na paz e no bem. Na paz, não sendo pacifistas, mas pacíficos. Padre Paulo Ricardo de Azevedo Júnior nos ensina que é evidente que a Igreja é contra a violência, contra o homicídio, é contra a injustiça, mas os cristãos são pacíficos, não pacifistas. Pacífico sim, porque nós buscamos a paz, mas não somos pacifistas, porque somos capazes de lutar. Ele menciona a legítima defesa, não somente como um direito, mas como um dever. Por isso devemos caminhar sempre buscando a paz. E caminhar no caminho do bem, da justiça, do que é certo, do que é saudável, do que é santo, do que é agradável a Deus. E essa caminhada que padre Pio menciona é linear sim, é cronológica sim, mas não é horizontal. E aí está a dificuldade de entendermos. Padre Pio pede para que caminhemos de forma vertical, de baixo para cima, ou seja, rumo ao céu.

Claro que ele fala de forma alegórica, pois há uma grande diferença entre o céu e o reino dos céus. O céu está sobre nossas cabeças, levantamos os olhos e olhamos para o céu, quando padre Pio diz que devemos dar a cada dia, um passo à frente na linha vertical, de baixo para cima, ele não quer dizer que devemos tomar uma escadaria para o céu ou aquele elevador ainda não construído, mas já projetado por japoneses que poderá levar pessoas e carga para o espaço a duzentos quilômetros por hora. Não, nada disso. O reino dos céus é o paraíso, para onde queremos ir, mas para tanto precisamos caminhar sempre e somente no bem como nos ensina padre Pio, pois do contrário o destino de nossa alma será outro, não tão agradável.

Que assim seja,

Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *