fundo parallax

Não deixe as distrações te desviarem do teu objetivo maior

Lembre-se de que a base da perfeição é a caridade
12 de setembro de 2018
Novena de Padre Pio 1º dia
14 de setembro de 2018
 


Não deixe as distrações te desviarem do teu objetivo maior



São Francisco não tinha nada contra os estudos, nada contra a ciência, mas ele percebia que algumas pessoas procuravam a ciência com desprezo da virtude, ou seja, davam mais valor aos saberes do mundo do que as práticas da virtude. Para o santo, ser uma pessoa simples, temente a Deus, que vive piedosamente é mais importante do que ser um doutor nas ciências do mundo. Ele costumava dizer: “Os meus irmãos que se deixam arrastar pela curiosidade da ciência vão se encontrar de mãos vazias no dia da retribuição. Gostaria que se reforçassem mais com virtudes para que, vindo os tempos de tribulação, tivessem o Senhor consigo na hora da angústia. Porque virá uma tribulação em que os livros não vão servir para nada, e serão jogados nas janelas e nos desvãos”.

Com isso ele queria dizer que determinados estudos poderiam se transformar em uma distração que tiraria os irmãos do caminho do Senhor. E nos dias de hoje poderíamos citar vários tipos de distrações: a TV, a internet, os joguinhos no celular e por aí vai. Tudo aquilo que rouba o tempo que você poderia estar dedicando à sua fé, à oração e à salvação das almas se torna um supérfluo que servirá de pedra de tropeço na tua vida. A pessoa trabalha o dia todo, chega em casa cansado e já liga a TV, ou vai navegar na internet. E gasta todo o seu tempo até a hora de ir dormir. Antes de dormir, já deitado, dá mais uma olhadinha no celular. Mas e a oração, onde fica?

No fim de semana, churrascada com os amigos, futebol na TV, cerveja até cair, muitos passeios, praia, camping e etc., mas e onde fica o dia do Senhor? Não encontra tempo para ir a missa? Na correria do dia a dia encontra tempo para fazer tantas coisas, mas não consegue rezar o terço. Vai acumulando pecados ao longo da vida, mas não se preocupa em procurar um sacerdote e fazer uma boa confissão. É disso que São Francisco está falando, de trocarmos as virtudes por vãs curiosidades. Não há problemas em você assistir um bom filme na TV ou até mesmo uma partida de futebol. Não há problemas em fazer um churrasquinho com os amigos, sair, passear, se divertir. Não há problemas em dedicar uns minutinhos para um joguinho no celular. Mas tudo isso desde que você esteja em dia com suas orações e esteja praticando as virtudes. Não deixe essas distrações te atrapalharem e te desviarem do teu objetivo maior: o céu.

O pobrezinho de Assis dizia que um dia virá uma tribulação em que os livros não vão servir para nada e serão jogados fora. Quando a tribulação vier, de que vai valer o tempo que você passou assistindo TV ou navegando na internet ou fazendo festas? Absolutamente nada, mas o que vai contar é o quanto você alimentou o espírito para torná-lo uma base sólida para a vida espiritual.

Que assim seja,

Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *