parallax background

Às vezes, o Senhor o faz sentir o peso da Cruz.

E10T02 – A misericórdia e a miserável
7 de março de 2017
Podemos admirar o Criador em suas criaturas
8 de março de 2017

Às vezes, o Senhor o faz sentir o peso da Cruz. Esse peso parece insuportável, mas você a carrega porque o Senhor, no Seu amor e na Sua misericórdia, estende-lhe a mão e lhe dá força.

No mundo tereis tribulações, disse o Senhor, nós não temos dúvidas a respeito disso. E como as temos, não é mesmo? Mas nada comparado com a cruz que Nosso Senhor carregou por amor de nós. Que Ele carregou para a nossa salvação, pelos nossos pecados. Quem quiser ser meu discípulo tome a sua cruz e siga-me, disse Jesus. Para seguir Jesus é preciso saber sofrer, é preciso carregar a cruz de cada dia e carregá-la com alegria. Simão de Cirene foi, de acordo com os evangelhos sinóticos, um homem que foi obrigado pelos soldados romanos a carregar a cruz de Jesus até o Gólgota, o local onde Jesus foi crucificado. Ele sentiu o peso da cruz, mas hoje está nos céus. E o caminho para o reino dos céus é sem sombra de dúvidas o caminho da cruz.

Ninguém chega à ressurreição sem passar pela cruz. Se o Senhor às vezes permite que sintamos o peso da cruz, como diz padre Pio, é porque Ele nos ama. A porta é estreita, o Senhor disse isso, no caminho encontramos pedras, encontramos espinhos, encontramos todo tipo de dificuldade, mas o importante é não desistir. O importante é estar a caminho, é caminhar. Em nosso dia a dia muitas são as nossas escolhas, as nossas decisões, muitas são as nossas alegrias, as vitórias, mas também muitas são as decepções e tem hora que a cruz pesa.

E quando pesa parece que não vamos conseguir suportá-la, como diz padre Pio. Bate a tristeza, muitas vezes o desespero, uma espécie de depressão, queremos desistir de tudo, vontade de chutar o balde como se diz, mas precisamos lembrar de que não estamos sozinhos, no caminho Jesus está conosco. Ele caminha ao nosso lado, no caminhar Ele está ali, está presente. No caminhar Ele vai se revelando para nós assim como se revelou aos discípulos de Emaús. E o nosso coração arde com a sua presença. Uma presença que conforta, que acalenta e que reanima.

O Senhor no Seu amor e na Sua misericórdia estende-nos a mão e nos dá força como diz padre Pio, nos dá coragem e nos faz entender que a cruz é caminho de salvação e que nunca somos provados acima de nossas capacidades. Faz-nos entender que em todos os momentos Ele está ali conosco e devemos buscá-lo sempre, mas principalmente nos sacramentos da reconciliação e da eucaristia.

Que assim seja. Amém.

Os Cooperadores
Os Cooperadores
Apologética Católica pela Hermenêutica da Continuidade. Apostolado pertencente ao Centro de Estudos São Francisco de Sales, de Itajaí/SC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *