Conheça, ame, viva e defenda a Fé Católica

Em Jesus vivemos, nos movemos e somos.

169

Estamos estudando a compreensão que são Francisco de Assis teve das sagradas escrituras e do valor de suas palavras. Recordemos de certa vez em que o santo ordenou e os espíritos malignos que perturbavam um pobre frade fossem embora. E de outra vez em que nosso seráfico pai amaldiçoou uma porca que matou um inocente cordeirinho e com isso ela acabou definhando. Estas duas passagens me fazem lembrar Jesus. Jesus que expulsou os demônios e fez com que aquela legião deixasse os pobres homens que andavam pelo cemitério e Jesus que amaldiçoou a figueira que não deu frutos e secou.

É o poder da palavra. Por isso devemos cuidar com as palavras, cuidar com o que dizemos. A palavra dita nunca retorna e a palavra mal dita, por mais que nos arrependamos de dizê-la, por mais que peçamos perdão, ela vai ficar ressoando no universo e no coração humano por todos os séculos.

Devemos abençoar sempre. Abençoar até mesmo os nossos inimigos. Abençoar quem nos ofende, quem não nos compreende. Abençoar e não amaldiçoar. A palavra de maldição tem um efeito profundo na vida da pessoa que a recebe. Pode influenciar sim a vida da pessoa, pode abalar o seu psicológico. Palavras que dizemos as crianças podem moldar o seu caráter e influenciar na formação desta criança e até mesmo determinar quem ela vai ser.

Conta-se que certa vez em uma escola, quando o professor estava entregando as provas que os alunos iriam realizar, um aluno disse: “espero tirar pelo menos sete nesta prova professor”. E o professor disse a ele: “Sete não. Você vai tirar dez”. E ele tirou mesmo um dez. Depois ele agradeceu ao professor dizendo: “Professor, o senhor disse que eu ia tirar dez e eu tirei mesmo”. Claro, tirou porque acreditou. A palavra tem poder, mas precisamos acreditar na palavra. Quando Jesus curava uma pessoa, ele não dizia: “eu te curo”. Mas dizia: “Vai, a tua fé te salvou”. E Jesus é a palavra de Deus. Jesus é o verbo que se fez carne, é a palavra viva e verdadeira. Muita gente diz que a bíblia é a Palavra de Deus. Sim, a bíblia contém a palavra de Deus, mas de fato, a Palavra de Deus é Jesus. E esta Palavra tem poder. Foi com essa Palavra que Francisco de Assis expulsou demônios, foi com essa Palavra que Francisco amaldiçoou a porca que matou o cordeirinho inocente. Tudo aquilo que pedirmos ao Pai em nome de Jesus, seremos atendidos, nos diz o Senhor no evangelho.

Precisamos crer nisso, e precisamos colocar em prática. Se falamos, falamos em nome de Jesus. Se curamos, curamos em nome de Jesus. Se expulsamos demônios, expulsamos em nome de Jesus, pois nele vivemos, nos movemos e somos.

Que assim seja.

Amém.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.