Mons. Meinrad Merkel insiste na ordenação de homens casados

165

(Info Católica. Traduzido por Andressa Muniz) Monsenhor Merkel, conhecido como Dom Francisco, declarou em uma entrevista concedida à revista missionária Kontinente, que a exortação (Querida Amazônia) não respondeu à pergunta sobre a ordenação sacerdotal de homens casados, o que implica dizer que não era a intenção do documento abordar o assunto.

Da conferência episcopal à qual pertence, os sete bispos votaram a favor de permitir que se pudessem ordenar sacerdotes elegendo “entre os melhores diáconos permanentes”. “Esse segue sendo o meu desejo”, disse Merkel, que esteve entre os participantes do Sínodo da Amazônia em outubro passado.

Merkel, que foi religioso espiritano (Congregação dos Missionários do Espírito Santo e do Imaculado Coração de Maria) antes de ser Bispo, expressou seu desejo de que as igrejas locais tivessem mais liberdade para resolver seus problemas “de forma criativa”. “Nesse sentido, esperávamos poder ter em nossas mãos várias coisas, incluindo a seleção de homens casados que poderiam ser ordenados sacerdotes”. Se trata, disse, simplesmente de permitir ao povo participar da Eucaristia do domingo, porque isso é o que a Igreja vive. “Porém, falta o passo audaz de tomar esta decisão”.

O prelado também votou no sínodo para permitir às mulheres entrar no diaconato, porém considera que se deram “algumas declarações polêmicas e estado de ânimo agressivo” sobre o tema. “Para mim, isso é um exagero que não serve ao curso da Igreja”, salientou o Bispo. No entanto, crê que a última palavra sobre o assunto “certamente ainda não foi dita”. As mulheres não devem se desanimar pelo texto da exortação pós-sinodal. “Todos somos chamados a servir, cada um com o que está à sua disposição”, explicou Merkel.

Merkel vê o conteúdo de “Querida Amazônia” como um estímulo para seguir trabalhando na busca e aplicação de soluções. “Mesmo que o resultado não cumpra nossas expectativas, iremos adiante.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.