parallax background

Novena de Natal – 3° dia

18 de dezembro de 2018
E51T03 – O que é uma família?
17 de dezembro de 2018
Novena de Natal – 4° dia
19 de dezembro de 2018

Novena de Natal – 3° dia

APERTE NO PLAY ACIMA PARA OUVIR A NOVENA

Estamos no advento, tempo de preparação para a vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo.
E nós, Cooperadores da Verdade queremos te convidar para rezar junto conosco a novena de natal.

Estamos reunidos em nome do pai, do filho e do espirito santo. Amém.

Terceiro Dia:

Maria, Virgem Grávida, Mulher de Deus, Virgem do ‘sim’ fecundo, tu que fecundaste ao Verbo de Deus e O levaste em teu seio durante nove meses, sentindo-O palpitar e crescer dentro de ti, experimentando Sua presença e sendo transformada por Ele. Nestes dias que antecedem o nascimento de Teu Filho, nós queremos acompanhar-te; queremos estar contigo para aprender de ti a levar Deus no coração e deixarmo-nos transformar por Sua presença.
Maria, Virgem Grávida, te pedimos que ao acompanhar-te, sejas Tu quem interceda por cada um de nós, para que possamos celebrar o Natal cheios da presença de teu Filho em nossa vida. Maria, Virgem Mãe, mulher da espera confiada, pede por nós, para que, neste Natal, todos possamos ficar mais perto de seu Filho e, assim, sermos capazes de recomeçar, de perdoar e sermos perdoados, de voltar a amar, e sermos curados interiormente para celebrar e viver a vida de Deus em nós.
Maria, Virgem do ‘sim’ e da realização, Virgem Mãe do silêncio eloquente, ajuda-nos a celebrar este Natal, tendo seu Filho como centro de nossa vida. Maria, pede por nós agora e sempre.

Que assim seja. Amém.

Oremos a São José: São José nos surpreende e sua atitude nos comove. Nesse momento tão difícil para ti, quando, conhecendo Maria, sabendo quem ela era, sucedia-lhe algo que tu não entendias, algo que para ti era inconcebível: como podia ela, tua prometida, ter te traído? Nesse momento, em vez de denunciá-la, porque era impossível que ela o tivesse enganado, decidiste de arcar com toda a culpa e desaparecer, assumir toda a responsabilidade e ser tu quem pareceria como o irresponsável. Preferiste isso a fazer algo contra aquela mulher que esperavas como esposa, mas que agora estava esperando um filho de alguém que tu não conhecias. José, bendita seja a tua delicadeza, tua nobreza, teu coração grande e sensível, por ser tão homem, tão digno, tão respeitoso a ti mesmo e a Maria. Bendito seja por ter preferido sofrer as consequências do que prejudicar Maria; bendito seja por tua dignidade de homem. E por outro lado, São José, ajuda os muitos casais que têm problemas, ajuda os que não sabem dialogar e encontrar a solução a dois. Ajuda, São José, para que haja paz e harmonia nas famílias.

Que assim seja. Amém

Oremos a Nosso Senhor: Menino Jesus, Tua mãe, que Te concebeu por obra do Espírito Santo, levou-Te dentro dela com todo amor, mas isso ocasionou que José, Teu protetor, sentisse-se ferido por esta situação, e ante à incompreensão, preferiu abandoná-la. Menino Jesus, neste tempo em preparação para o Teu nascimento, pedimos que derrames Tua bênção sobre os casais que estão em dificuldades; ajuda-os para que saibam conversar, escutar ao outro, que deem espaço para o diálogo e o perdão. Menino Jesus, derrama Tua graça sobre essas pessoas para que voltem a se querer como fizeram no início e agora se queiram mais tendo a Ti.

Que assim seja. Amém

Pai- Nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai…

Oremos: São José, homem justo e digno, homem respeitoso de si mesmo e de Maria, tu que tens se deixado ser guiado pelo Espírito Santo, olha e ajuda a todos os casais que vivem em dificuldades e incompreendidos, que são incapazes de escutar e compreender o outro, que não encontram saída para seus problemas, que estão sofrendo e lhes sangram o coração. Tu, José, que viveste uma situação parecida, intercede por elas, acompanhe-as, fortalece-as, para que saibam dar a si mesmas uma oportunidade, para que possam se escutar e abrir-se ao outro, para que possam atuar com o coração de Deus, para acertar, compreender e perdoar, para buscar entre os dois o caminho de saída, a fim de que, iluminados pelo Espírito Santo, e sendo dócil à Tua ação, possam olhar à frente, perdoar-se, esquecer e, assim, começar novamente uma nova vida, mais unidos, mais maduros, mais entregues, tendo Jesus no centro de suas vidas.
São José, que as famílias que estão em conflito, sob Tua intercessão, possam voltar a querer-se e serem felizes, como foram vocês em Nazaré. São José, hoje e sempre, peço pelos casais em conflito e que, por Tua intercessão, tenham a paz e a alegria que vem do Senhor.

Que assim seja, Amém.

E continuamos reunidos em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Os Cooperadores
Os Cooperadores
Apologética Católica pela Hermenêutica da Continuidade. Apostolado pertencente ao Centro de Estudos São Francisco de Sales, de Itajaí/SC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *