parallax background

Para toda culpa há perdão, para toda mágoa há perdão

18 de fevereiro de 2017
Deus ama quem segue o caminho da virtude. Diga como o Apóstolo: ‘Tudo posso Naquele que me fortalece’.
18 de fevereiro de 2017
E28T01 – Devemos dar Esmolas?
19 de fevereiro de 2017

Hoje em dia as pessoas vivem angustiadas, preocupadas, ansiosas, nervosas, com insônia e diversas preocupações. E muitas vezes não conseguem se perdoar pelos erros do passado. Sentem um arrependimento profundo por decisões mal pensadas, decisões tomadas sem rezar, sem consultar qual era a vontade de Deus, mas se esquecem de que: Para toda culpa há perdão, para toda mágoa há perdão.

Tomás de Celano nos conta algo, que segundo ele, é de difícil interpretação. Uma história sobre três mulheres pobrezinhas que São Francisco encontrou pelo caminho. Tão semelhantes no tamanho, na idade e no rosto, que pareciam três exemplares feitos na mesma forma. Depois de saudá-lo desapareceram misteriosamente. Afinal quem eram as trigêmeas que aparecem para São Francisco? Três anjos? Mas por que três? Para simbolizar a trindade? Por que apareceriam do nada e despareceriam também misteriosamente? Ninguém sabe. Saudaram Francisco com uma saudação que muito lhe agradou. Seria apenas um agrado de Deus para o Santo que vinha doente e cansado pelo caminho? Ou uma oportunidade que Deus dava para que São Francisco pudesse praticar a caridade dando-lhes moedas? De fato, ninguém pode saber, pois como se sabe, o coração de Deus é insondável.

Mas o que podemos constatar é que em diversas ocasiões em nossas vidas pessoas vem e vão e não por acaso. Pois, por mais que as pessoas não percebam a função que exercem na vida umas das outras, Deus tem um objetivo. E os planos de Deus são perfeitos, mesmo quando a nossa razão não é capaz de compreender.

Às vezes quando olhamos para trás, pensamos: “porque eu fui me envolver com determinada pessoa? Qual o motivo de tê-la conhecido?” E quando é um relacionamento amoroso que não deu certo e que trouxe dor, mágoa e decepção, quem nunca se pegou pensando: “eu me arrependo por ter conhecido tal pessoa”?

Mas se deixarmos os sentimentalismos de lado e olharmos mais racionalmente para as coisas, começaremos a perceber o quanto aprendemos com os relacionamentos. O quanto aprendemos com as pessoas que entram e saem da nossa vida. O quanto crescemos, o quanto evoluímos.

Existem pessoas que querem excluir, apagar alguém da sua vida, como se isso fosse possível. Para toda culpa há perdão, para toda mágoa há perdão. Se você viveu um relacionamento que não deu certo, que houve brigas, sofrimento, dor, mágoa, isso é normal. Todo mundo já passou por isso. Mas por que você quer agora fingir que aquela pessoa não existe? Ela fez parte da sua história. Vocês viveram momentos juntos. Vocês aprenderam muitas coisas um com o outro. Não deu certo? Paciência. Ela casou com outro, você casou com outra e a vida seguiu seu rumo, mas aquela pessoa deixou marcas. Se as marcas na sua maioria são negativas, mesmo assim não há motivos para você ignorar a pessoa como se ela não existisse. Bloquear em todas as redes sociais para que não haja a menor possibilidade de contato e ao encontrar na rua fingir que não viu, isso é ridículo.

A vida pode ser muito mais bonita do que isso. Ao encontrar um ex-namorado na rua, sorria. Deseje um bom dia! Deseje que a paz de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo esteja com ele. Ele te feriu? Ele te magoou? Pode ter certeza que foi para o teu crescimento espiritual, para o teu amadurecimento. E que nada é obra do acaso. Da mesma forma como aquelas três mulheres apareceram para Francisco, o saudaram e misteriosamente sumiram, muitas pessoas entram e saem de nossas vidas todos os anos e Deus sabe o porquê. Deus sabe o motivo. E Deus tem um propósito. Portanto aceite. Não seja orgulhoso. Entenda que os planos de Deus muitas vezes não são os nossos planos. Entenda que muitas vezes a nossa vontade não é a vontade de Deus e que Deus não está aqui para nos servir, para fazer tudo o que queremos, mas nós é que somos os servos deste tão maravilhoso Senhor que cuida de nós, nos protege e sempre, sempre, sempre tem o melhor para as nossas vidas.

Que assim seja.

Amém.

Os Cooperadores
Os Cooperadores
Apologética Católica pela Hermenêutica da Continuidade. Apostolado pertencente ao Centro de Estudos São Francisco de Sales, de Itajaí/SC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *