E23T05 – A Verdadeira Salvação Pela Fé

38

Neste episódio nós falamos sobre a Beata Maria Felícia de Jesus Sacramentado, a primeira beata do Paraguai. No assunto principal, nós falamos sobre a Verdadeira Salvação pela Fé. É verdade que somente a fé é suficiente para nossa salvação? Tentamos trazer algumas luzes católicas sobre esse assunto. 

Beata Maria de Jesus

Maria Felícia de Jesus Sacramentado é o nome religioso desta jovem carmelita descalça beatificada em Assunção ao dia 23 de junho de 2018. Nasceu em 1925 e entregou a sua alma ao Senhor com apenas trinta e quatro anos de idade, em 28 de abril de 1959. Nos seus escritos vê-se o amor apaixonado de um soldado. Não era possível a ela conceber sua existência vivida na mediocridade. Foi integrante da Ação Católica quando jovem e, em 2 de fevereiro de 1955, ingressou no Mosteiro das Carmelitas Descalças de Assunção. Recebeu o hábito no dia 14 de agosto de 1955 e fez a sua Profissão um ano mais tarde.

Viveu a vocação carmelita como ninguém, na escola de Santa Teresa d’Ávila, Santa Teresinha do Menino Jesus e de Santa Teresa dos Andes. “Tinha um grande espírito de sacrifício, caridade e generosidade, tudo envolvido em grande mansidão e comunicativa alegria, sempre viva e brincalhona”, contava a Madre superiora do Carmelo, Teresa Margarida. Na exumação do seu corpo constatou-se seu cérebro incorrupto, e hoje esta incrível relíquia encontra-se para veneração em Assunção.

A Verdadeira Salvação Pela Fé

A doutrina da salvação infelizmente é causa de cismas e divisões na Igreja pelo menos desde o Século XVI. Há quem diga que nada do que façamos pode contribuir para com a nossa salvação, que nossas obras podem ser até nocivas à salvação — esse era o pensamento de Lutero. Mais tarde, os próprios protestantes — ou pelo menos boa parte deles — se afastaram desta ideia, admitindo que as boas obras são na verdade efeito da fé e da salvação — salvação que nós já teríamos recebido de Cristo: “aquele que foi salvo, pratica boas obras”.

A intenção deste episódio é expor a sã doutrina da Igreja com ampla fundamentação bíblica, contra todo o erro e heresia. Como católicos, cremos que a salvação não é causa das boas obras, mas é, antes, efeito delas em concorrência com a fé. Ou seja: Com o influxo da graça divina somos levados a crer nas Verdades Reveladas (Fé), a confiar seguramente na nossa salvação, pois Deus não impõe barreiras para que nos salvemos (Esperança) e somos levados, por amor a Deus, a realizar boas obras (Caridade).

Informações

Clube do ouvinte: Acessar
Compre na Amazon: Amazon

A Divina Comédia: Amazon

Curta: Facebook
Siga: Twitter
Assista: YouTube
Insta: Instagram
Entre: Telegram
Ouça: Spotify / Deezer

Telegram:

Canal: Entrar
Grupo: Entrar

WhatsApp:

Grupo Oficial: Peça em nossas redes sociais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.